Nascimento de Jesus Israel Silva

O Nascimento de Jesus Cristo – O Natal – Resumo | Estudo Bíblico

O Nascimento de Jesus Cristo – O Natal – Resumo | Estudo Bíblico

O nascimento de Jesus Cristo, o natal, é a história mais bela e profunda até hoje. Os Anjos de Deus comemoraram felizes! O nascimento de Jesus, ocorrido aproximadamente entre 5 ou 4 AC, era o acontecimento mais esperado de toda história humana.

“Glória a Deus nas alturas, paz aos homens de boa vontade!” O Natal é uma história sublime e comovente, pois descreve como o Verbo de Deus se tornou ser humano para nos salvar.

Deus tornou-se como um de nós, por amor a humanidade, para trazer a verdadeira vida, luz e salvação. Jesus, de humilde aparência, como simples menino, pobre carpinteiro de Nazaré, varão de dores, passou por várias humilhações.

Ele era porém o verdadeiro Altíssimo, infinitamente poderoso. O Natal traz essa mensagem de perdão, um espírito sublime de reconciliação e reunião familiar.

O nascimento de Jesus Cristo nas profecias

O nascimento de Jesus foi anunciado desde a queda do homem no Jardim, até o seu precursor João Batista, por meio de uma sucessão gradual de profecias denominadas profecias messiânicas.

Presentes em toda a Bíblia, essas profecias, que tem uma beleza poética singular, constituem uma série de homens que, durante mais de quatro mil anos, profetizaram uns após outros o mesmos acontecimentos que se completam mutuamente.

As profecias sobre o Natal, nascimento de Jesus:

Profecia Antigo Testamento:

  • Jesus nasceria da semente da mulher – Gênesis 3.15 – cumpriu-se em Gl 4.4;
  • O Messias seria descendente de Abraão – Gênesis 12.3 – cumpriu-se em Mt 1.1;
  • O Messias seria descendente de Isaque – Gênesis 17.19 – cumpriu-se em Lc 3.34;
  • O Messias viria da tribo de Judá – Gênesis 49.10 – cumpriu-se em Lc 3.33;
  • O Messias herdaria o trono de Davi – Isaías 9.7 – cumpriu-se em Lc 1.32,33; e
  • O Messias seria ungido e eterno – Salmos 45.6,7; 102.25-27 – cumpriu-se em Hb 1.8-12.

Ainda no Jardim, com a queda do homem, Deus em sua graça e misericórdia fez uma promessa de redenção, que foi a semente do evangelho, a primeira boa nova. Adão e Eva ouviram as doces palavras de consolo:

“E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.”
Gênesis 3:15

Jesus é aquele que foi prometido desde o tempo da eternidade! O cordeiro que foi morto antes da fundação do mundo. Diversos profetas falaram dele de antemão.

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.” Isaías 9:6

o nascimento de jesus Cristo

O nascimento de Jesus Cristo: Feliz Natal!

O nascimento de Jesus em Belém

Belém é uma das mais antigas aldeias da Judeia. Era chamada de Efrata, a fértil (Gênesis 35.19). Belém significa casa de pão. E foi justamente na casa de pão que nasceu o pão da vida que desceu do Céu.

Miqueias profetizou sobre Belém:

“E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares de Judá, de ti me sairá o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.” Miquéias 5:2

Houve um decreto de recenseamento editado pelo Imperador Romano Otávio César Augusto, em que todos deveriam se inscrever nas suas cidades de origem (organizado para facilitar o pagamento de taxas).

Maria e José saíram em uma viagem de cerca de três dias (145 km) de Nazaré para Belém, cumprindo-se a profecia de que o Messias, filho de Davi, ali nasceria.

Na falta de vaga nas hospedarias de Belém, José e Maria só puderam se refugiar em uma estrebaria.

Aí vemos o Messias, Rei e Salvador do Mundo, rodeado de pobreza e cheio de humildade, pois nasce o Rei dos Reis, Senhor dos Senhores, deitado em uma manjedoura.

Jesus desde seu nascimento mostra um exemplo de simplicidade e humildade admiráveis! Um contraste muito forte com a riqueza e o esplendor da corte imperial.

“Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel.”
Isaías 7:14

O nascimento de Jesus ocorreu provavelmente durante a festa dos Tabernáculos (fim de março/início de abril em nosso calendário). Deus cumpria assim, a promessa de que habitaria no meio do seu povo.

Isso remetia a um dos nomes do messias, Emanuel, que é traduzido “Deus conosco”. E o próprio Jesus afirmou que onde houvesse dois ou três reunidos no seu nome, ali ele também estaria.

A adoração dos pastores

Ninguém em Belém sabia que o maior acontecimento de toda história acabara de acontecer. Mas o Filho de Deus não ficou sem testemunhas de seu nascimento, nem sem adoradores.

Estas testemunhas e adoradores não foram achados entre os grandes de Israel, entre os doutores, sacerdotes e menos ainda entre os super santos fariseus.

Durante a festa dos Tabernáculos, era comum haver pastores em vigília no campo.

E Foi dentre esses humildes pastores, mas cheios de fé, em cujo os corações ardiam de esperança pelo messias, foi que Deus recebeu as mais piedosas homenagens.

o natal nascimento de Jesus Cristo

O Natal é o Nascimento de Jesus Cristo.

Nem os anjos puderam conter a alegria no nascimento de Jesus Cristo, o glorioso libertador, em cuja esperança estava a redenção do mundo!

E para se achegar a Jesus no dia do seu nascimento, era necessário ter fé.

Era preciso ver além das aparências para se acreditar que um menino, vestido em simples panos, humildemente deitado em uma manjedoura, era o Salvador. Noite de Natal é noite de Fé!

O nascimento de Jesus gerou maravilha e admiração.

O Natal foi fixado no dia 25 de dezembro por volta da época de Constantino (306 – 337 d.C.) como uma festa universal para celebrar o nascimento de Jesus, nas terras de influência do Cristianismo Romano.

Sobre o autor | Website

Formado em Hebraico Bíblico, Geografia Bíblica, Novo Testamento, e Estudos do Apocalipse; é Especialista em Estudos da Bíblia, certificado pelo Institute of Biblical Studies da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!